Competências e Habilidades

1º PERÍODO
Enfoque central:  A enfermagem, como uma ciência da saúde percebida em uma perspectiva histórico-social, buscando conhecer o homem na sua integralidade, na sua integração com o meio e respeitando a sua estrutura biopsicossocial.

COMPETÊNCIA

HABILIDADE

BASES  TECNOLÓGICAS

ESTRATÉGIA

Integração horizontal

Analisa a vida nas diversas abordagens: biológica, anatômica, psicológica, sociológica, antropológica, dentro de um contexto ético e científico, como valores de manutenção para saúde

 

Reconhecer a importância das diferentes ciências e suas influências no processo de vida

Compreender as articulações existentes entre os diferentes saberes das disciplinas

 

Apreender a “vida” como células, corpo- mente e espírito na relação com o outro

Extrair  itens específicos de cada disciplina que dão um aspecto da vida relacionando-os com o contexto social

 

Oficina da vida (com a  participação de todos os professores do período)

 

Integração vertical

Apropriação do referencial teórico e metodológico para o conhecimento científico

 

Conhecer as principais correntes das ciências que fundamentam o método científico do conhecimento humano

 

Identificar os conhecimentos: empírico, filosófico e científico  das diferentes disciplinas

 

 

 

Oficina trabalhando a evolução do conhecimento, com todos os professores

(globo terrestre)

 

2º PERÍODO
Enfoque central: As inter-relações que se estabelecem entre o homem e seu próprio corpo, entre o enfermeiro e o seu objeto de estudo, entre os profissionais e o processo saúde-doença.

COMPETÊNCIA

HABILIDADE

BASES  TECNOLÓGICAS

ESTRATÉGIA

 

Integração horizontal

Correlação das funções vitais no âmbito das ciências básicas e com os aspectos psicossociais em situações de urgências, com vistas ao processo do cuidar em enfermagem

 

Atender pacientes em situações de urgências com desvios de funções vitais, relacionando com os aspectos  fisiológicos, epidemiológicos e as implicações sociais que a situação propicia

 

 

Interpretar as funções vitais e os desvios que requerem intervenções de urgência.

Verificar os indicadores de mortalidades nas situações de comprometimento das funções vitais

 

Seminário com todos os professores do período

 

Integração vertical

Aplicação do referencial teórico e metodológico utilizando as etapas  do método científico

 

Interpretar  os fenômenos vitais utilizando as etapas do método científico

 

Utilizar os conhecimentos para aplicação das etapas do método científico,  nas diversas disciplinas

 

 

Trabalho de campo

Laboratório

Seminário  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

3º PERÍODO
Enfoque central: 
O ser humano, o conhecimento de suas condições de saúde e os possíveis desvios   e as bases teóricas e metodológicas que fundamentam a assistência de enfermagem.

COMPETÊNCIA

HABILIDADE

BASES  TECNOLÓGICAS

ESTRATÉGIA

 

Integração horizontal

Contextualização  do desvio de normalidade incidente no âmbito das ciências básicas, formas de detectar, suas implicações sociais e como atuar no contexto de educação à  saúde

 

Compreender o desvio de normalidade incidente no âmbito das ciências básicas como um desvio que pode ser prevenido a partir de estratégias de educação

 

Elaborar um plano de educação para o desvio de normalidade incidente  com vistas a minimizar o agravamento da situação

 

Apresentação e discussão dos planos apresentados: seminário

 

Integração vertical

Transposição do conhecimento método científico para a metodologia da assistência embasando-se do referencial teórico e metodológico

 

Aplicar as primeiras etapas da metodologia da assistência tomando por referência o método cientifico

 

Realizar coleta de dados: exame de enfermagem

Interpretar dados objetivos e subjetivos: diagnóstico de enfermagem

Pensar o planejamento da assistência de enfermagem

 

Apresentação de estudos de casos em seminários 

 

4º PERÍODO
Enfoque central: 
Desenvolvimento dos procedimentos e tecnologias apropriadas de enfermagem, visando ao cuidado através do conhecimento do homem sadio e as possíveis intercorrências no equilíbrio de sua saúde física, mental e espiritual dentro de um referencial teórico-metodológico, respeitando as diretrizes do modelo de saúde vigente.

COMPETÊNCIA

HABILIDADE

BASES

TECNOLÓGICAS

ESTRATÉGIA

Integração horizontal

Contextualização do ser humano na fase adulto em seu ambiente e nas situações de risco ou desequilíbrio de saúde, para intervenção de enfermagem

 

 

Compreender o ser humano na fase adulta, nas suas relações consigo mesmo e com o outro numa visão holística e dialética em situações risco ou desequilíbrio de saúde

Fundamentar-se dos conhecimentos que implicam a nutrição, a dietética, a farmacologia clínica e dos procedimentos e tecnologias apropriadas  para intervenção  em enfermagem que representam o “cuidar”

 

Identificar os conhecimentos necessários   para  intervenção de enfermagem em uma situação específica

 

Elaboração e aplicação de um plano de intervenção numa situação de saúde específica

 

Dois momentos: início e final do semestre

 

Integração vertical

Aplicação da  metodologia da assistência embasando-se do referencial teórico e metodológico em ações estratégicas de saúde mais incidentes na região segundo o modelo de saúde vigente

 

Aplicar todas as  etapas da metodologia da assistência utilizando-se de um referencial teórico

 

Identificar as etapas da metodologia da assistência de enfermagem

Identificar o referencial teórico

 

Apresentação de estudos de casos em seminários 

 

5º PERÍODO
Enfoque central: 
O enfermeiro no cuidado ao indivíduo adulto, considerando-o em sua relação com o meio ambiente, observando, avaliando e intervindo para a promoção, prevenção e recuperação da saúde, respeitando as diretrizes do modelo de saúde vigente.

COMPETÊNCIA

HABILIDADE

BASES  TECNOLÓGICAS

ESTRATÉGIA

 

Integração horizontal

Apropriar-se dos instrumentos  teóricos, técnicos e metodológicos que subsidiam as ações de enfermagem, que representam

o cuidar na internação

 

Executar procedimentos teóricos, técnicos e metodológicos  para intervir em enfermagem

 

 

Identificar, planejar e aplicar o processo de intervir  fundamentado no método cientifico, utilizando –se de instrumentos investigativos

 

Ensino clínico em Unidade de internação ou outra estratégia de aprender e ensinar da disciplina.

 

Integração vertical

Aplicação da  metodologia da assistência embasando-se do referencial teórico e metodológico, nos agravos à saúde,  que subsidiam as ações do cuidar ao indivíduo em estabelecimentos de saúde.

 

Aplicar todas as  etapas da metodologia da assistência utilizando-se de um referencial teórico

 

Identificar as etapas da metodologia da assistência de enfermagem

Identificar o referencial teórico

 

Apresentação de estudos de casos em seminários

 

6º PERÍODO
Enfoque central: 
A assistência à criança, ao adolescente  à mulher em suas diversas etapas e condições,  respeitando as diretrizes políticas de saúde e o contexto do programa de saúde vigente.

COMPETÊNCIA

HABILIDADES

BASES  TECNOLÓGICAS

ESTRATÉGIA

 

Integração horizontal

Contextualização da criança,  do adolescente e da mulher,  em seu ambiente e em situações de desequilíbrio de saúde, para intervenção de enfermagem

Contextualização das políticas de saúde e, da organização do sistema e serviços de saúde no âmbito do modelo de saúde vigente

 

Compreender as políticas de saúde e suas interfaces com a organização do sistema e serviços de saúde.

Compreender a situação e o ser, criança, adolescente e mulher em seu ambiente e em situações de desequilíbrio.

Identificar as políticas de saúde para a criança/adolescente/mulher

Aplicar os conhecimentos adquiridos nas disciplinas anteriores para uma assistência integral

 

Compreende o ser criança, adolescente e  mulher  nas situações de desequilíbrio de saúde.

Identificar as Políticas de Saúde e avaliar os procedimentos específicos para intervenção de enfermagem na mulher, na criança e no adolescente

Intervir com base nos aspectos epidemiológicos da saúde  criança, do   adolescente e da mulher

 

Ensino clínico

 

Integração vertical

Aplicação da metodologia da assistência, embasando-se do referencial teórico e do metodológico que subsidiam as ações de enfermagem no cuidado à criança, o adolescente e à mulher

 

Aplicar todas as etapas da metodologia da assistência utilizando-se de um referencial teórico

 

Identificar as etapas da metodologia da assistência de enfermagem

Identificar o referencial teórico

 

Apresentação de estudos de casos em seminários e pesquisas com abordagem multidisciplinar

 

7º PERÍODO 
Enfoque central: 
Possibilita a integração de conteúdos e experiências de aprendizagem teórico-práticos, vivenciado ao longo do curso, com implementação de novos conteúdos e abordagens, voltados para o processo de cuidar na Estratégia da Saúde da Família.

COMPETÊNCIA

HABILIDADES

 

Integração horizontal

Capacitação para administração os serviços de saúde em diferentes cenários

 

 

 

 

 

 

Atuar como administrador do cuidado em  Unidade Básica de Saúde

 

Integração vertical

Avaliação do desenvolvimento da  metodologia da assistência com base em referenciais  teóricos e metodológicos que subsidiam as ações de enfermagem na administração do cuidado na atenção básica de saúde e da instituição hospitalar e em domicílio.

Privilegiando a Estratégia de Saúde da Família

 

Aplicar todas as  etapas da metodologia da assistência utilizando-se de um referencial teórico Desenvolver estudos epidemiológicos na atenção básica de saúde

 

8º PERÍODO
Enfoque central: 
Consolidar conhecimentos, buscando inserir-se no cotidiano da saúde e da enfermagem. Cuidando de forma integral utilizando-se da metodologia assistencial, segundo um referencial teórico, administrando cuidados e serviços.

COMPETÊNCIA

HABILIDADES

BASES  TECNOLÓGICAS

ESTRATÉGIA

 

Integração horizontal

Capacitação para administrar o cuidado e  a Unidade Hospitalar

 

 

 

 

Atuar como cuidador e administrador do cuidado em uma  Unidade Hospitalar

 

Utilizar o referencial teórico e metodológico que dão suporte às intervenções de enfermagem no cotidiano profissional e no mundo do trabalho

 

Estágio

 

Integração vertical

Avaliação do desenvolvimento da  metodologia da assistência, embasando-se do referencial teórico e do metodológico que subsidiam as ações de enfermagem na administração do cuidado e da instituição

 

Aplicar todas as  etapas da metodologia da assistência utilizando-se de um referencial teórico.

 

Identificar e aplicar as etapas da metodologia da assistência de enfermagem

Identificar o referencial teórico a ser utilizado

 

Apresentação de estudos de casos em seminários e projetos de intervenção 

 

Transparência Pública
Acesso à informação

© Universidade Federal do Espírito Santo 20013. Todos os direitos reservados
Av. Marechal Campos, 1468 - Maruípe | Vitória - ES, Brasil | CEP 29.040-090