Aplicativo Móvel para Avaliação dos Pés de Pessoas Com Diabetes Mellitus.

Nome: Selma de Jesus Bof Vêscovi
Tipo: Dissertação de mestrado profissional
Data de publicação: 17/07/2017
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Sheilla Diniz Silveira Bicudo Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Cândida Caniçali Primo Examinador Interno
Hugo Cristo SantAnna Examinador Externo
Maria Edla de Oliveira Bringuente Suplente Interno
Roseane Vargas Rohr Suplente Externo
Sheilla Diniz Silveira Bicudo Orientador

Resumo: Introdução: Diabetes Mellitus é um sério problema de saúde pública responsável por diversas complicações crônicas, dentre elas, o pé diabético, cujas conseqüências apontam para amputações de membros inferiores, podendo levar a morte, redução da qualidade de vida, além de gerar grande impacto socioeconômico. O enfermeiro, enquanto profissional na atenção direta à pessoa com diabetes, é essencial no desenvolvimento de ações para prevenção de riscos, monitoramento da clínica, controle da doença e de complicações. Objetivo: Descrever o desenvolvimento e validação de um aplicativo para dispositivos móveis sobre avaliação e classificação de risco dos pés de pessoas com Diabetes Mellitus. Metodologia: Estudo metodológico realizado em quatro etapas: 1) Definição de requisitos e elaboração do modelo conceitual; 2) Geração das alternativas de implementação e prototipagem; 3) Testes; e 4) Implementação. Considerando a especificidade de conhecimento em tecnologias exigida para concretização do produto desejado, todas as etapas do estudo foram desenvolvidas na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) numa parceria entre o Programa de Pós-Graduação em enfermagem (PPGENF), projeto de extensão Cuidar Tech (Laboratório de Tecnologias de Enfermagem) e o Laboratório e Observatório de Ontologias Projetuais (LOOP), vinculado ao Departamento de Desenho Industrial. O método geral de desenvolvimento do aplicativo foi orientado pela norma ABNT ISO/TR 16982:2014. No primeiro momento para elaboração da parte textual de cada tela foram utilizados guidelines publicados na Europa e Américas. Geradas opções de elaboração e prototipagem utilizando o software Intel XDK. Na etapa dos testes o produto foi avaliado quanto a usabilidade pelas heurísticas de Nielson, pela equipe que desenvolveu o aplicativo e validado quanto aos aspectos de funcionalidade, confiabilidade, usabilidade e eficiência por oito enfermeiros, selecionados de forma aleatória por conveniência, obedecendo a norma Brasileira ABNT ISO/IEC 25062:2011 que recomenda amostragem mínima de oito participantes. Na última etapa foi lançado na loja de aplicativos Google Play Store. Resultados: Na avaliação de usabilidade pela heurística de Nielson foram detectados quatro problemas catastróficos e quatro graves gerando modificações. A avaliação dos enfermeiros anunciou que o aplicativo móvel “Cuidar Tech exame dos pés” está de acordo com as necessidades dos usuários. Produtos: Um manuscrito e uma produção técnica. O manuscrito retrata o desenvolvimento do aplicativo móvel e o produto foi intitulado “Cuidar Tech exame dos pés”. Conclusão: Espera-se auxiliar os enfermeiros na avaliação e classificação de risco dos pés de pessoas com Diabetes Mellitus, ofertando uma ferramenta tecnológica que contribua na prática do enfermeiro assessorando seu desempenho na assistência e ampliando a resolutividade da Atenção Primária à Saúde.

PALAVRAS CHAVES: Diabetes Mellitus. Avaliação de enfermagem. Pé. Aplicativos Móveis.

Transparência Pública
Acesso à informação

© Universidade Federal do Espírito Santo 20013. Todos os direitos reservados
Av. Marechal Campos, 1468 - Maruípe | Vitória - ES, Brasil | CEP 29.040-090