Summary: Introdução: A segurança do paciente corresponde à redução ao mínimo aceitável do risco de dano desnecessário associado ao cuidado de saúde. Para melhorar a segurança do paciente, é imprescindível implementar uma política institucional de cultura de segurança, embora seja um dos mais difíceis passos para uma instituição. Inicialmente, para que essa mudança ocorra, é essencial o levantamento dos fatores organizacionais que a impedem. Nesse sentido, o clima de segurança da organização fornece informações importantes sobre o estado de segurança de um determinado grupo de trabalho ou da organização como um todo. Objetivos: O presente projeto visa avaliar as atitudes e cultura de segurança em um hospital de ensino; identificar os riscos assistenciais, institucionais, profissionais e clínicos à segurança do paciente e monitorar os incidentes e eventos adversos em saúde. Métodos: Para a realização desta pesquisa, aplicaremos um questionário socioeconômico e demográfico e o Questionário de Atitudes de Segurança - SAQ (Safety Attitudes Questionnaire – Short Form 2006) nos profissionais do Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes. Além disso, serão analisadas as informações existente no escopo de notificações do sistema VIGIHOSP (Aplicativo de Vigilância em Saúde e Gestão de Riscos Assistenciais Hospitalares). Resultados esperados: Espera-se que este projeto contribua para ações que aprimorem a segurança do paciente no HUCAM.

Starting date: 2016-07-01
Deadline (months): 60

Participants:

Role Namesort descending
Technicians * Andressa Tomazini Borghardt
Collaborator * Cândida Caniçali Primo
Vice coordinator * Eliane de Fátima Almeida Lima
Coordinator * Flávia Batista Portugal
Student Master * Laís Rubert Machado
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105