Summary: Uma das estratégias que tem demonstrado efeito positivo na ampliação da cobertura do tratamento preventivo, principalmente a populações mais vulneráveis, é a incorporação dos enfermeiros no diagnóstico e tratamento da ILTB. Embora a legitimidade comprovada da atuação integral do enfermeiro na atenção à pessoa em TPT, há de esperar barreiras no processo de incorporação desse profissional. Neste sentido, a presente proposta de estudo visa avaliar a inserção do enfermeiro no TPT no Brasil, e a efetividade dessa inserção em comparação aos métodos ou rotinas já praticados pelos serviços de saúde. Deve-se ressaltar que os resultados desse estudo poderão subsidiar as ações para estímulo da prescrição do TPT e para o fortalecimento da autonomia do enfermeiro no diagnóstico e tratamento preventivo da TB. Para a realização da pesquisa, a metodologia será dividida em 3 fases, a saber: A primeira fase realizar-se-á um estudo de corte transversal do tipo conhecimento, atitude e prática (CAP). Na segunda, um estudo qualitativo para Identificar as barreiras e facilidades dos enfermeiros no cuidado longitudinal de pessoas em TPT e na terceira fase será um estudo de intervenção do tipo ensaio comunitário nos serviços de assistência às pessoas com ILTB.

Starting date: 08/02/2024
Deadline (months): 36

Participants:

Rolesort descending Name
Coordinator * THIAGO NASCIMENTO DO PRADO
Researcher * ELIANE DE FÁTIMA ALMEIDA LIMA
Researcher * ETHEL LEONOR NOIA MACIEL
Researcher * GEISA FREGONA CARLESSO
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105