Regulação de Leitos Hospitalares: Avaliação do Tempo de Internação em Cirurgia Cardíaca

Nome: Morgana Maria Rampe Reis
Tipo: Dissertação de mestrado profissional
Data de publicação: 26/02/2018
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Eliane de Fátima Almeida Lima Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Cândida Caniçali Primo Coorientador
Eliane de Fátima Almeida Lima Orientador
Fabio Lucio Tavares Suplente Externo
Franciéle Marabotti Costa Leite Examinador Interno
Mirian Fioresi Suplente Interno

Resumo: Introdução: O tempo de permanência hospitalar é um indicador importante para avaliar a eficiência, eficácia e efetividade dos serviços, embasando o planejamento e a gestão em saúde. Entre as doenças crônicas não transmissíveis, as doenças cardiovasculares são as principais causas de internações e geram o maior custo nesse componente do sistema de saúde nacional. Buscando atender uma demanda institucional por melhorias no gerenciamento dos leitos de cirurgia cardíaca. Esse projeto está alinhado a linha de pesquisa organização e avaliação dos sistemas de cuidados à saúde, e foi desenvolvido em parceria com a equipe de cirurgia cardíaca e regulação de leitos da instituição da mestranda. Objetivos: Descrever o perfil sociodemográfico e clínico dos pacientes submetidos à cirurgia cardíaca; verificar a distribuição do tempo de internação hospitalar segundo as características sociodemográficas e clínicas; examinar a associação entre o tempo de internação hospitalar e as variáveis sociodemográficas e clínicas de pacientes submetidos à cirurgia cardíaca; elaborar um checklist pré-operatório para a internação do paciente de cirurgia cardíaca. Metodologia: Estudo epidemiológico do tipo transversal, retrospectivo a partir da análise de dados secundários de indivíduos que realizaram cirurgias cardíacas em um hospital universitário, na região Sudeste do Brasil. Os dados foram coletados dos prontuários de pacientes submetidos à cirurgia cardíaca, do banco de registros da equipe de cirurgia cardíaca e do aplicativo de gestão para Hospitais Universitários, no período de maio a setembro de 2017. Resultados: Foram avaliados prontuários de 200 pacientes submetidos à cirurgia cardíaca entre agosto de 2015 a abril de 2017. Destes, a maior parte era do sexo masculino, maiores de 60 anos, pardos. Hipertensão arterial sistêmica, dislipidemia e diabetes mellitus foram as comorbidades mais prevalentes. O tempo médio de internação total foi de 23 dias. Foi identificada maior mediana de tempo de internação hospitalar nos pacientes com idade de 60 anos ou mais, do sexo masculino, com comorbidades prévias em especial a insuficiência renal crônica, bem como o tabagismo, ter sido internado previamente na Unidade de Terapia Intensiva e suspensão cirúrgica. Além disso, a internação foi mais prolongada nos indivíduos que apresentaram complicações no pós-operatório, como eventos neurológicos, arritmias cardíacas, insuficiência renal aguda, complicações pulmonares e infecção hospitalar (p<0,05). Produto: Foi elaborado um checklist pré-operatório para internação do paciente de cirurgia cardíaca. Conclusão: O estudo foi importante para conhecer o perfil de pacientes que realizaram cirurgia cardíaca na instituição e permitir a intensificação de ações educativas e de prevenção a saúde, subsidiando estratégias para adesão ao tratamento e controle das complicações. Além disso, a associação das variáveis clínicas e sociodemográficas com o tempo de internação possibilitou identificar os pacientes que permaneciam maior tempo no leito, sendo útil na elaboração de protocolos e fluxos institucionais. O produto é relevante para o desenvolvimento científico e tem potencial de gerar impacto e ser aplicado a nível local para organizar a gestão dos leitos de cirurgia cardíaca. O instrumento foi encaminhado para uso na instituição.
Descritores: Tempo de internação; Procedimentos cirúrgicos cardiovasculares; Perfil de saúde; Regulação e fiscalização em saúde.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105