TECNOLOGIA EDUCACIONAL COMO FACILITADORA DO RACIOCÍNIO DIAGNÓSTICO DO ENFERMEIRO NO CUIDADO AO PACIENTE CIRÚRGICO

Nome: Jociani Gonçalves Paschoal
Tipo: Dissertação de mestrado profissional
Data de publicação: 16/12/2019
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Cândida Caniçali Primo Co-orientador
Lorena Barros Furieri Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Cândida Caniçali Primo Coorientador
JOEL ROLIM MANCIA Suplente Externo
Lorena Barros Furieri Orientador
Maria Edla de Oliveira Bringuente Suplente Interno
Mirian Fioresi Examinador Interno

Resumo: Introdução: O paciente em período pós-operatório apresenta inúmeras alterações fisiológicas. O Processo de Enfermagem permite que o cuidado seja realizado de forma sistematizada e qualificada. Dificuldades para o desenvolvimento de raciocínio diagnóstico e déficit de conhecimento acerca das classificações instigaram a realização desta pesquisa. Dessa forma, buscando atender a uma demanda da instituição, propôs-se a elaboração de um aplicativo, visto que as tecnologias educacionais auxiliam na atualização profissional e que as tecnologias como os aplicativos móveis motivam o aprendizado, por possuírem recursos audiovisuais e facilidade de acesso. Objetivo: Desenvolver um aplicativo para apoiar o raciocínio diagnóstico do enfermeiro no cuidado ao paciente cirúrgico. Metodologia: Estudo metodológico de produção tecnológica desenvolvido em quatro etapas. 1) Elaboração de material teórico para assistência de enfermagem aos pacientes cirúrgicos através de revisão integrativa de literatura e mapeamento cruzado. 2) Desenvolvimento de estudos de caso. 3) Avaliação dos estudos de caso. 4) Construção do aplicativo móvel. Resultados: Na revisão integrativa de literatura, foram selecionados 32 estudos e encontrados 49 sinais e sintomas. O mapeamento cruzado entre os sinais e sintomas com a taxonomia de diagnósticos de enfermagem North American Nursing Diagnoses Association International identificou 61 diagnósticos de enfermagem. Os estudos de caso foram construídos de acordo com os 8 pressupostos de Lunney, abordando os principais tipos de cirurgias realizadas no setor de estudo e os principais diagnósticos de enfermagem encontrados no mapeamento cruzado. Além dos dados objetivos e subjetivos relacionados aos pacientes simulados, os estudos de caso possuem alternativas de múltipla escolha para resolução do diagnóstico de enfermagem principal. Os 10 estudos de caso foram avaliados por 15 juízes e todos obtiveram índice de validade de conteúdo global superior a 0,8. O aplicativo “CuidarTech Cirúrgico”, em seu menu principal, apresenta quatro opções de navegação. “Processo de Enfermagem” – exibe conteúdos teóricos sobre o Processo de Enfermagem, Teoria das Necessidades Humanas Básicas, North American Nursing Diagnoses Association International, Classificação das Intervenções de Enfermagem, Classificação dos Resultados de Enfermagem e Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem. “Diagnósticos e intervenções de enfermagem” – contém 61 diagnósticos, 90 intervenções e 664 atividades de enfermagem importantes para assistência a pacientes em período pós-operatório de cirurgias gastrointestinais, torácicas, de cabeça e pescoço. “Estudos de caso” – traz os 10 estudos de caso desenvolvidos e avaliados para treinamento do raciocínio clínico e diagnóstico. Quando o usuário escolhe alternativas incorretas, tem acesso à informação dos sinais e sintomas que dão suporte ao diagnóstico correto. E quando escolhe o diagnóstico correto, acessa o conceito do diagnóstico assinalado e quais características definidoras negam os diagnósticos incorretos. “Créditos” – informações sobre a equipe responsável pela sua elaboração. Conclusão: Tecnologias educacionais, como o aplicativo construído, são estratégias eficazes para o ensino do Processo de Enfermagem, apoiam o raciocínio diagnóstico e a tomada de decisão. Os impactos sociais podem ser a qualificação profissional, a melhoria na qualidade da assistência de enfermagem, a segurança do paciente, o aprimoramento do ensino da graduação e a consolidação do Processo de Enfermagem. Indiretamente, o aplicativo beneficiará estudantes da graduação, que fazem aulas práticas, estágios curriculares e extracurriculares e em outros cenários onde a tecnologia educacional for divulgada. Dissertação apresentada no encontro dos “Mestrado profissional Cofen-CAPES” no 22º Congresso Brasileiro dos Conselhos de Enfermagem, realizado em Foz do Iguaçu- Paraná.
Palavras-chave: Processo de Enfermagem. Tecnologia Educacional. Cuidados Pós-operatórios.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105