PROGRAMA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE E BEM-ESTAR PARA SERVIDORES DE UMA INSTITUIÇÃO FEDERAL DE ENSINO

Nome: Mirian Cardoso de Rezende Soares
Tipo: Dissertação de mestrado profissional
Data de publicação: 26/08/2020
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Lorena Barros Furieri Orientador
Mirian Fioresi Co-orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
ALINE PIOVEZAN ENTRINGER Examinador Externo
Bruno Henrique Fiorin Suplente Interno
Franciéle Marabotti Costa Leite Examinador Interno
Lorena Barros Furieri Orientador
Mirian Fioresi Coorientador
Suzana Maria Gotardo Chambela Suplente Externo

Resumo: Introdução: A manutenção de um estilo de vida saudável é um fator essencial para preservação da saúde. Esse estudo busca atender demandas de uma instituição federal de ensino, que são: não dispor de um programa estruturado de promoção da saúde e a dificuldade que as informações para a promoção da saúde e qualidade de vida cheguem igualmente aos servidores lotados em campus distribuídos por todo o estado. Objetivo: Estruturar um programa de promoção da saúde e bem-estar para os servidores de uma instituição federal de ensino. Metodologia: Trata-se de pesquisa aplicada de desenvolvimento tecnológico, realizada em uma instituição federal de ensino em três etapas: 1) Pesquisa e avaliação diagnóstica, sendo utilizado um questionário sociodemografico, questionário estilo de vida fantástico e instrumento de avaliação da qualidade de vida WHOQOL-Bref; 2) Planejamento dos itens e ações do programa, 3) avaliação do programa de promoção da saúde com servidores da coordenadoria de atenção à saúde do servidor da instituição federal de ensino. Resultados: Na primeira etapa verificou-se que 42% dos servidores possuíam entre 30 e 39 anos e a maioria (72%) é Casado / União Estável / Vive junto. Em referência ao nível de escolaridade, 87,7% dos servidores possuíam pós-graduação. Quanto ao IMC observa-se que 41,4% foi classificado como eutrófico, seguido por 38,5% de sobrepeso e 15,1% obesidade grau I. A maioria dos servidores apresentaram o estilo de vida classificado como muito bom e bom, com respectivamente 49,5% e 34,4% do total de servidores. Os itens mais afetados relacionados ao estilo de vida foram: atividade física e tipo de comportamento. Observou-se, dos quatro domínios avaliados, uma média de: físico 67,2; psicológico 67,1; relações sociais 65,6 e meio ambiente 64,5. Demonstrando que, em todos os domínios há insatisfação com a qualidade de vida. Na segunda etapa do desenvolvimento da pesquisa os itens do programa de promoção da saúde e bem-estar foram criados baseados no módulo de promoção da saúde, contido no Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos do Governo Federal. Os itens compreendem: Objetivos; Abrangência e público-alvo; Metas, missão e visão do programa; Métodos e técnicas empregadas (divulgação, marketing); Conteúdos e atividades propostas; e Identidade visual do programa. A estruturação do Programa resultou em um documento de 20 folhas, com identidade visual própria. Foram elaborados 11 itens, sendo eles: Título do programa, Figuras utilizadas no documento, Logomarca, Identidade visual (letras, fundo, cores), Metas, Missão, Visão, Objetivos, Temas de interesse, Fontes de conteúdo e Atividades/ Ações do Programa. O nome do programa é Viver Bem Ifes, e trata-se de uma tecnologia gerencial voltada para a promoção do estilo de vida e qualidade de vida, com a finalidade de orientar e incentivar os servidores a adotarem hábitos saudáveis de vida, divulgar as ações do calendário do setor de saúde do servidor do instituto, difundir informações resultantes de levantamentos epidemiológicos realizados na instituição, de assuntos que emergirem de acontecimentos cotidianos e de temas relacionados com a agenda da saúde. E na terceira etapa foi realizado a avaliação dos itens do programa com os servidores do setor de saúde do servidor da instituição. Todos os itens avaliados alcançaram um índice de validade de conteúdo global superior a 0,8, resultando na validação dos mesmos, sendo acatadas as sugestões de melhoria textual propostas pelos juízes e consolidado o documento final do programa de promoção da saúde. Produto: Foi desenvolvido como produto um programa de promoção da saúde e bem-estar para servidores de uma instituição federal de ensino. Conclusão: Este estudo resultou na estruturação de um programa de promoção da saúde, voltado para servidores de uma instituição federal de ensino. Possibilitou também identificar as características sociodemográficas, estilo e qualidade de vida dos servidores do instituto federal, apontando os domínios mais afetados, sendo que essas informações forneceram dados para a estruturação do programa. Esta pesquisa tem potencial de gerar impacto e ser aplicado a nível local, regional e nacional. Espera-se que o programa beneficie a promoção da saúde dos servidores da instituição, bem como contribua como estímulo à implementação de outros programas de saúde. Também incentivará outros institutos federais e outros órgãos de diferentes esferas de governo a criarem estratégias de promoção de saúde para seus servidores.
Palavras-chave: promoção da saúde, qualidade de vida, estilo de vida, programa de saúde ocupacional, saúde do trabalhador.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105