DIAGNÓSTICOS E INTERVENÇÕES DE ENFERMAGEM PARA A PESSOA COM COLOSTOMIA: UMA TECNOLOGIA DO CUIDADO.

Nome: Elaine Soares do Silva
Tipo: Dissertação de mestrado profissional
Data de publicação: 25/11/2013
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Cândida Caniçali Primo Co-orientador
Denise Silveira de Castro Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Cândida Caniçali Primo Coorientador
Denise Silveira de Castro Orientador
Sheilla Diniz Silveira Bicudo Suplente Interno
Telma Ribeiro Garcia Examinador Externo
Walckiria Garcia Romero Sipolatti Examinador Interno

Resumo: O estudo versa sobre a elaboração de Diagnósticos e intervenções de enfermagem para pessoa com colostomia, utilizando o modelo de sete eixos da Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem, versão 2011, e a Norma ISO 18104/2003. A colostomia é a exteriorização do cólon na parede abdominal, fornecendo um novo trajeto para eliminação das fezes. O procedimento faz parte de abordagens terapêuticas de traumas físicos, geralmente decorrentes de causas externas, e de doenças intestinais e do ânus como o câncer colorretal. A pessoa com colostomia demanda cuidados específicos de enfermagem, devido às aflições, medos e mudanças de estilo de vida. Objetivo: Elaborar um protocolo para a assistência de enfermagem à pessoa portadora de colostomia. Metodologia: Tratase de um estudo de natureza exploratório-descritiva, em que realizou-se uma revisão de literatura científica nas bases de dados: LILACS, MEDLINE e BDENF com os descritores: “cuidados de enfermagem”, “diagnóstico de enfermagem”, “classificação” e “colostomia, nos idiomas português, inglês e espanhol, publicadas no período de 2000 a 2011. Mediante essa revisão elaborou-se os diagnósticos de
enfermagem utilizando os termos do Modelo de Sete Eixos da CIPE® 2011.
Resultados: Foram construídos 123 diagnósticos de enfermagem para a pessoa
com colostomia, e 231 intervenções de enfermagem frente aos diagnósticos
elencados, agrupados por necessidades humanas básicas. Pretende-se com esse estudo incentivar o uso do Processo de Enfermagem e sistematizar a prestação de cuidados individualizados a essa clientela; contribuir para o desenvolvimento de novas tecnologias na área de informação em saúde; e fortalecer o uso da CIPE® por possuir uma linguagem simples e de fácil uso.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105