Assistência e educação integrada em Saúde

Resumo: As principais dificuldades encontradas no ensino e na prática na assistência em saúde estão relacionadas aos aspectos operacionais e gerenciais envolvidos na sua execução. Destaca-se as limitações dos profissionais em agregar os conhecimentos científicos à prática clínica. Frente a esse contexto, os profissionais de saúde, ao utilizar ferramentas tecnológicas, contribui na incorporação de evidências científicas à prática clínica, auxilia na tradução dos achados de pesquisa para uma linguagem compreensível pelos usuários e tomadores de decisão e capacita os profissionais de saúde quanto ao raciocínio clínico e a escolha das melhores intervenções. Apesar dos benefícios, a incorporação de evidências na prática clínica ainda não alcançou o patamar desejado. Observa-se um atraso importante entre a geração de resultados de pesquisas e a incorporação na prática assistencial. As pesquisas são desenvolvidas com rigor metodológico, no entanto, as instituições de saúde apresentam cultura organizacional de pouco apoio para a translação do conhecimento produzido. Objetivo: Desenvolver produtos técnicos e tecnológicos para promover e qualificar a assistência e a educação em saúde. Método: Trata-se de uma ampla pesquisa de desenvolvimento técnico e tecnológico para desenvolver, avaliar e aplicar as tecnologias em saúde para promover e qualificar a assistência e a educação em saúde. Para tal, há necessidade em utilizar-se da pluralidade teórica, diversos tipos de pesquisa serão acessados, tais como: pesquisas descritivas, pesquisas metodológicas, pesquisas participativas, translação do conhecimento, revisões de escopo, ensaios clínicos e pesquisas quase experimentais. Os dados quantitativos serão analisados através do Social Package Statistical Science (SPSS) versão 20.0 e os qualitativos, a produção dos dados dar-se-ão, por meio de análise de conteúdo de Bardin (2011), grupo focal RESSEL, et al (2008), dentre outros. Resultados esperados: espera-se desenvolver, avaliar e aplicar produtos técnicos e tecnológicos que qualifiquem e aprimorem a educação em saúde e possam repercutir na melhoria e qualidade da assistência à saúde da população.

Data de início: 2021-03-01
Prazo (meses): 36

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Mestrado Laila Maria Duarte Borges
Aluno Mestrado Michele da Silva
Aluno Mestrado Vanessa Crysthina Araujo Franco de Sá
Aluno Mestrado Catrine Storch Moitinho
Colaborador Andressa Bolsoni Lopes

Páginas

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105