“INTERVENÇÃO DE ENFERMAGEM PARA PACIENTES EM DIÁLISE PERITONEAL: UMA TECNOLOGIA EDUCACIONAL”

Resumo: A Diálise Peritoneal (DP) representa uma importante modalidade de tratamento para doença renal crônica, sendo o paciente completamente envolvido no processo terapêutico e sujeito ativo para autocuidado. Para tal assistência, faz-se necessário acompanhamento pela equipe multidisciplinar, especialmente pelo Enfermeiro, profissional mais habilitado e próximo do paciente, capaz de compreender, respeitar, ensinar e amparar o paciente frente a todas as fases da doença e suas limitações. Devido ao fato de ser realizada no domicílio, conferindo maior autonomia e conforto ao usuário, a terapia de diálise peritoneal requer responsabilidade, conhecimento e comprometimento de quem a desenvolve. Ensinar habilidades de autogerenciamento é mais eficaz do que apenas fornecer informações. Jogos educativos têm sido utilizados para ensinar habilidades técnicas a fim de melhorar os resultados de saúde, proporcionando uma oportunidade para apoiar o aprendizado e a mudança de comportamento relacionada à saúde através de estratégias e experiências em um formato envolvente e divertido. Justificativa: Visto uma lacuna na produção de material lúdico para aprendizado de cuidados em diálise peritoneal, este estudo busca trabalhar uma tecnologia educacional em formato de almanaque, com jogos e histórias em quadrinho relacionadas aos cuidados e rotinas na diálise como proposta facilitadora do autocuidado. Objetivo: Desenvolvimento de uma tecnologia educacional para pacientes em diálise peritoneal. Metodologia: Trata-se de uma pesquisa com dois estudos interdependentes: um estudo epidemiológico da região sudeste; para levantamento do perfil e descrição dos pacientes atendidos no ambulatório do Programa de Diálise peritoneal de um hospital universitário; e outro metodológico para elaboração e validação de uma tecnologia educacional para pacientes em terapia de DP. Serão consultados prontuários dos pacientes para levantamento e análise dos dados de caracterização da população do estudo. Para produção da tecnologia educacional serão utilizados cuidados essenciais para terapia de diálise peritoneal, identificados na literatura e práticas profissionais da autora. Posteriormente, o material será encaminhado para validação de face e conteúdo por juízes. Resultados esperados: Espera-se que após a intervenção de enfermagem, com aplicação da tecnologia educacional em formato de almanaque os pacientes em diálise peritoneal possam obter maior facilidade de compreensão do autocuidado e melhoras na execução das práticas em relação a terapia dialítica.

Data de início: 2017-05-04
Prazo (meses): 36

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Mestrado Viviany Abreu de Souza Zerbinato
Colaborador Lorena Barros Furieri
Coordenador Mirian Fioresi
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105