Histórico

O Programa de Pós-graduação em Enfermagem (PPGENF) da Universidade Federal do Espírito Santo, nível Mestrado Profissional, foi criado pela Resolução 19/2011 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). O PPGENF tem sua sede no prédio do Departamento de Enfermagem do Centro de Ciências da Saúde (CCS) da UFES, núcleo Vitória.

Articulado ao PDI/UFES o Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGENF) da UFES, tem o único curso de Mestrado em Enfermagem no Estado do ES e foi proposto com base na larga experiência e na alta qualificação de seus docentes no âmbito do ensino, assistência e pesquisa, acumuladas na área de enfermagem, em diferentes subáreas do conhecimento e prática profissional, com destaque a do processo de cuidar e a da gestão/gerenciamento em saúde e em enfermagem.
O quadro de docentes do PPGENF é composto por enfermeiros, com dedicação exclusiva, que desenvolvem atividades junto aos campos de práticas e serviços resultando uma efetiva parceria ensino-serviço, por meio da qual identifica as necessidades locais e regionais.

Os mestrandos e egressos estão inseridos no mundo do trabalho, pois para participar do processo seletivo, todos os candidatos devem estar trabalhando na Enfermagem. Eles devem apresentar documento assinado pelo gestor de sua unidade de origem, o qual formaliza a anuência e compromisso do mesmo em viabilizar a realização do curso pelo candidato, se aprovado. Além disso, esse documento assegura o desenvolvimento e a aplicação da produção gerada pela pesquisa, na instituição ou unidade.
Espera-se que esses enfermeiros, ao identificarem problemas concretos da prática profissional, possam desenvolver projetos de pesquisa voltados à superação dos mesmos, para isso contando com a anuência e o apoio de suas instituições de origem.
O PPGENF visando identificar as demandas sociais, organizacionais ou profissionais e fortalecer as linhas de pesquisa, estabelece parcerias com os mais diversos cenários das Redes de Atenção à Saúde. Nessa perspectiva, a UFES tem parceria com várias instituições hospitalares, públicas, privadas e filantrópicas e considerando a prerrogativa da Política Nacional de Atenção Básica que preconiza a atenção básica como porta de entrada do sistema, a UFES, mantem convênio com as Secretarias Municipal e Estadual de Saúde, realizando aulas práticas, estágios supervisionados, tutorias, projetos de pesquisas e projetos de extensão em serviços da atenção básica de saúde, tais como, Unidades de Saúde da Família e Centros de Atenção Psicossocial.
Neste sentido, o PPGENF já capacitou enfermeiros de diferentes instituições e os produtos produzidos como resultado das dissertações foram desenvolvidos/implantados em diversos contextos sociais, como: Hospital Universitário Cassiano Antônio de Moraes; Secretarias Municipais de Saúde de diversos municípios do Espírito Santo (Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Viana, Fundão, João Neiva, entre outras), Hospitais da rede estadual de saúde, Hospital Santa Rita de Cássia, Hospital Evangélico de Vila Velha, Instituto Federal do Espírito Santo, Instituições particulares de Ensino Técnico e Superior de Enfermagem, Entidades de Classe. Considera-se que a parceria com essas instituições no Espírito Santo é fortemente assegurada pela inserção histórica e consistente dos docentes do Departamento de Enfermagem da UFES, em atividades de ensino, assistência, pesquisa e extensão.
A produção bibliográfica e técnica resultante das dissertações, no decorrer da existência do PPGENF, vem sendo apresentada sob diferentes formas: artigo(s); aplicativo/software; material didático ou instrucional; manual de operação técnica; patente; produto, processo ou técnica; projeto de aplicação ou adequação tecnológica; proposta de intervenção em procedimentos clínicos ou de serviço; curso / oficina/ objeto virtual de aprendizagem/ proposta pedagógica; protocolo clínicos; protótipo para produção ou desenvolvimento de escala ou instrumento; cartilhas / almanaques / livretos / desenhos animados para orientação a população em diferentes temas, entre outros. Toda esta produção técnica pode ser acessada no site institucional do programa (https://enfermagem.vitoria.ufes.br/pt-br/pos-graduacao/PENF).

Cabe apontar que frente a avaliações internas e externas periódicas, os projetos de pesquisa e as respectivas produções bibliográfica e técnica dos egressos vêm contribuindo com o avanço do conhecimento científico e tecnológico aplicado à enfermagem e à saúde nos diferentes contextos de trabalho. Considera-se ainda que, mesmo voltado à geração de ciência e tecnologia para aplicação nos contextos mencionados anteriormente, o impacto do PPGENF tem alcançado projeção e consumo mais amplos, constatados pelo número e citações de publicações e de outros trabalhos técnicos, bem como pelos prêmios e menções honrosas recebidas de instituições nacionais e internacionais.

Alunos Formados e Matriculados:O programa já formou 100 mestres e conta com 32 alunos regularmente matriculados, todos no mestrado.

Nome dos coordenadores e coordenadores-adjuntos:

Período: 2011-2014
Coordenadora: Maria Helena Costa Amorim
Coordenadora-Adjunta: Leila Massaroni

Período: 2014 - maio de 2015
Coordenadora: Maria Helena Costa Amorim
Coordenadora-Adjunta: Walckiria Romero Garcia Sipolatti

Período: 2015 - junho de 2016
Coordenadora: Maria Helena Costa Amorim
Coordenadora-Adjunta: Eliane de Fátima Almeida Lima

Período: 2016 - junho 2018
Coordenadora: Cândida Caniçali Primo
Coordenadora-Adjunta: Flávia Batista Portugal

Período: 2018 - junho 2021
Coordenadora: Cândida Caniçali Primo
Coordenadora-Adjunta: Lorena Barros Furieri

Período: Julho 2021 - atual
Coordenadora: Lorena Barros Furieri
Coordenadora-Adjunta: Mirian Fioresi

Histórico do conceito CAPES do programa:

Período de Avaliação: . . . . . Conceito:

2011-2016 . . . . . . . . . . . . . . 3 (Regular)

Nível: Mestrado Profissional
Ano de início: 2011
Conceito atual na CAPES: 3
Ato normativo: Homologado pelo CNE (Portaria MEC nº 656 de 22/05/2017)
Publicação no DOU em 27 de julho de 2017, Seç. 1; Pag. 55.
Número de créditos para titulação em disciplinas: 30
Número de créditos para titulação pela conclusão da dissertação: 6
Número de créditos para titulação outros: 14
Periodicidade de seleção: Anual
Vagas por seleção: 12 (2017/1), 12 (2017/1)

Perfil do profissional a ser formado:

O mestrado profissional proporciona mudanças na atuação dos enfermeiros, qualificando seu cuidado, e, consequentemente, promovendo a saúde da nossa população. Para tal, espera-se que ao final do curso, o discente seja capaz de:
-Analisar criticamente o cuidado em enfermagem e saúde, por meio dos seus pressupostos históricos, filosóficos e teóricos - metodológicos;
-Desenvolver pesquisas, oriundas de objetos/problemas provenientes da prática profissional, respeitando as etapas do processo investigativo;
-Mapear as necessidades locais e propor intervenções em seu trabalho, com base no conhecimento científico e tecnológico;
-Desenvolver e utilizar tecnologias e inovações educacionais, assistências e gerenciais apropriadas para prática profissional de enfermagem.
- Desenvolver habilidades de pesquisa visando o desenvolvimento da profissão enquanto ciência, arte e tecnologia, consolidando grupos de pesquisa;
- Contribuir para a produção e divulgação de conhecimentos técnico-científicos na área de saúde, possibilitando fomentar políticas e práticas na promoção da saúde do indivíduo em todo o seu ciclo vital.

Público alvo:

Enfermeiros que estejam em exercício em instituições de saúde da rede pública, filantrópica ou privada de todo o território nacional ou atuando na gestão de órgãos de classe da profissão.

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105