APLICATIVO PARA APOIO AO PROCESSO DE ENFERMAGEM NA ASSISTÊNCIA AS MULHERES EM SITUAÇÃO DE VIOLÊNCIA SEXUAL

Nome: ODELLE MOURÃO ALVES
Tipo: Dissertação de mestrado profissional
Data de publicação: 01/04/2020
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
CÂNDIDA CANIÇALI PRIMO Co-orientador
FRANCIÉLE MARABOTTI COSTA LEITE Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
CÂNDIDA CANIÇALI PRIMO Coorientador
ELIANE DE FÁTIMA ALMEIDA LIMA Examinador Interno
FABIO LUCIO TAVARES Examinador Externo
FRANCIÉLE MARABOTTI COSTA LEITE Orientador
MÁRCIA VALÉRIA DE SOUZA ALMEIDA Suplente Interno

Resumo: Introdução: A violência sexual é considerada uma das mais graves e cruéis manifestações da violência de gênero. Essa violência se estende pela história até os dias atuais em uma dimensão pandêmica, capaz de gerar graves consequências de curto e longo prazo para a saúde das mulheres, tanto no campo físico e psicológico quanto no econômico. Nesse contexto, o enfermeiro deve estar capacitado para prestar uma assistência qualificada capaz de acolher, investigar hipóteses diagnósticas e assistir à mulher em suas necessidades humanas alteradas. O processo de enfermagem é o instrumento para a operacionalização dessa assistência. No entanto, ainda não existe na maioria dos serviços uma organização do processo de enfermagem a esta clientela, não sendo realizado sistematicamente. Objetivo geral: Identificar os principais diagnósticos de enfermagem relacionados às necessidades humanas básicas alteradas nas mulheres em situação de violência sexual; validar os diagnósticos de enfermagem correlacionando as intervenções de enfermagem; e desenvolver um aplicativo para apoio ao processo e à consulta de enfermagem. Metodologia: estudo metodológico que utilizou o referencial teórico das Necessidades Humanas Básicas de Horta e as classificações North American Nursing Diagnosis Association – International, Nursing Intervention Classification e Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem, desenvolvido em três etapas: 1) identificação dos principais diagnósticos de enfermagem; 2) validação dos diagnósticos, intervenções de enfermagem pelo método Delphi; e 3) construção de um aplicativo móvel. Resultados: Esta pesquisa teve como resultado o levantamento de 32 diagnósticos de enfermagem correlacionados com 374 intervenções de enfermagem voltados para o cuidado da mulher em situação de violência sexual, que obtiveram índice de concordância acima de 80% entre os juízes especialistas realizados em dois rounds do método Delphi. Produtos: A partir dos resultados foram elaborados duas produções técnicas: um material didático intrucional contendo os diagnósticos, intervenções de enfermagem correlacionadas voltados a mulher em situação e violência sexual para ser utilizado nos atendimentos ambulatoriais e hospitalar gineco-obstétrica e o aplicativo “CuidarTech EnfPorELas” que apresenta três opções de navegação: “Diagnósticos e intervenções de enfermagem”– contém os diagnósticos, intervenções de enfermagem relevantes para a assistência à mulher em situação de violência sexual; “Processo de Enfermagem” – exibe conteúdos teóricos sobre o Processo de Enfermagem; e “Créditos” - a equipe executora; e uma produção bibliográfica em forma de artigo. Conclusão: O aplicativo é uma tecnologia inédita que pode contribuir no trabalho do enfermeiro, direcionando a assistência a mulheres em situação de violência sexual por meio do processo de enfermagem.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105