PADRÃO DE REGISTRO DE ENFERMAGEM PARA UNIDADE DE PRONTO
ATENDIMENTO

Nome: DILZILENE CUNHA SIVIRINO FARIAS
Tipo: Dissertação de mestrado profissional
Data de publicação: 31/01/2022
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
CÂNDIDA CANIÇALI PRIMO Co-orientador
ELIANE DE FÁTIMA ALMEIDA LIMA Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
CÂNDIDA CANIÇALI PRIMO Coorientador
ELIANE DE FÁTIMA ALMEIDA LIMA Orientador
JÚLIA VALÉRIA DE OLIVEIRA VARGAS BITENCOURT Suplente Externo
KARLA DE MELO BATISTA Examinador Interno
MARCIA REGINA CUBAS Examinador Externo

Páginas

Resumo: Introdução: O atendimento de urgência e emergência caracteriza-se por ser
realizado de forma rápida, dinâmica, envolto por situações estressantes e
conflituosas, sendo necessário adotar protocolos assistenciais que garantem uma
assistência adequada e em tempo oportuno para quem dela depende. Neste
sentido, considerando as atividades do enfermeiro na sala de classificação de risco,
a necessidade de registrar a assistência de enfermagem com uma linguagem
padronizada em qualquer contexto de cuidado e a possibilidade de nominar os
elementos da prática de enfermagem a partir da Classificação Internacional para
prática de Enfermagem (CIPE®
), alinhado a linha de pesquisa organização e
avaliação dos sistemas de cuidados à saúde, este trabalho buscou atender uma
demanda do município de Vitória de organização da assistência de enfermagem nos
Prontos Atendimentos. Objetivos: Identificar os principais diagnósticos, resultados e
intervenções de enfermagem da CIPE®
aplicados a situações de urgência e
emergência; Mapear e associar os diagnósticos CIPE®
aos fluxogramas e
discriminadores do Sistema de Triagem de Manchester®
; Relacionar os diagnósticos
com os resultados e as intervenções; Elaborar e avaliar um padrão de registro de
enfermagem para unidade de pronto atendimento fundamentado na CIPE®
;
Descrever os requisitos para inserção dos diagnósticos, resultados e intervenções
CIPE®
no prontuário eletrônico do município. Método: Pesquisa aplicada de
desenvolvimento tecnológico realizada em sete etapas: 1) Revisão de Literatura; 2)
Mapeamento cruzado entre termos do Sistema de Triagem de Manchester e os
termos da CIPE®
; 3) Construção dos enunciados diagnósticos/resultados; 4)
Avaliação dos enunciados diagnósticos por enfermeiros emergencistas; 5)
Elaboração e associação das intervenções aos diagnósticos avaliados; 6)
Organização dos diagnósticos/resultados conforme necessidade de saúde de Agnes
Heller descritas na Teoria da Intervenção Práxica da Enfermagem em Saúde
Coletiva e 7) Elaboração do mapa conceitual/requisitos para inserção do padrão de
registro na rede informatizada. Resultados: Por meio da revisão de literatura e do
mapeamento cruzado foi possível identificar e elaborar 185 diagnósticos, sendo 124
constantes e 61 não constantes na CIPE®
2019. Estes foram submetidos a
avaliação, quanto a relevância para prática, por meio da Técnica de Delphi. O painel
contou com 32 enfermeiros especialistas em urgência e emergência, que avaliaram
143 enunciados diagnósticos como relevantes, com IVC>79%. Os
diagnósticos/resultados foram associados as intervenções, resultando em 495
intervenções e organizados nas 18 necessidades de saúde de Agnes Heller.
Produto: Foi desenvolvido como produto um padrão de registro de enfermagem com
a terminologia CIPE®
composto por 143 diagnósticos, 148 resultados e 495
intervenções de enfermagem. Conclusão: Essa pesquisa tem potencial de gerar
impacto e ser aplicada a nível local, regional e nacional, pois descreve de forma
sistematizada as etapas para elaboração de um padrão de registro de enfermagem
para Unidade de Pronto Atendimento. O padrão é relevante para o desenvolvimento
científico e tecnológico, e colabora para uniformização da linguagem profissional e
serve de subsídio para o registro de enfermagem, dando visibilidade as atividades
da enfermagem na urgência e emergência. O padrão foi encaminhado para o setor
de tecnologia da secretaria de saúde de Vitória para ser incorporado ao prontuário
eletrônico do município.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105