FORMAÇÃO DE UMA COMISSÃO DE TERAPIA INTRAVENOSA EM UM HOSPITAL PÚBLICO ESTADUAL

Nome: CÁTIA PEREIRA DE SOUZA SILVA
Tipo: Dissertação de mestrado profissional
Data de publicação: 08/12/2021
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
LEILA MASSARONI Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
ELIANE DE FÁTIMA ALMEIDA LIMA Examinador Interno
LEILA MASSARONI Orientador
MARCIA REGINA CUBAS Examinador Externo
MÁRCIA VALÉRIA DE SOUZA ALMEIDA Suplente Interno
MARIA CARLOTA REZENDE COELHO Suplente Externo

Páginas

Resumo: Introdução:A terapia intravenosa é um recurso terapêutico essencial e de caráter complexo devido aos riscos de complicações aos quais os pacientes estão expostos. Ressalta-se que as tecnologias gerenciaisorganizam a prática da terapia intravenosaao sistematizar esta assistência, e promovem segurança aos pacientes e qualificaçãoaos profissionais. Trata-se de um recurso terapêutico indispensável ao paciente hospitalizado, exercido frequentemente pela equipe de enfermagem, que demanda questões relacionadas à interface dos profissionais com as inovações tecnológicas.Objetivos:Organizar uma comissão multiprofissional de terapia intravenosa em um hospital estadual para implementação das boas práticas na terapia intravenosa, elaborar o regimento desta comissão e elaborar protocolos para a assistência interdisciplinar em terapia intravenosa.Método:Trata-se de uma pesquisa-ação, de abordagem qualitativa, realizada em um hospital público estadual de grande porte. Os colaboradores foram 14 profissionais da equipe multidisciplinar de diferentes setores do hospital. A coleta de dados ocorreu no período deabril de 2020 a outubro de 2020. Oscolaboradores foram divididos em dois grupos. O primeiro e o último encontro aconteceram com os dois grupos reunidos, enquanto os sete encontros de desenvolvimento do regimento e dos protocolos,foram realizados com os grupos separados.Resultados: A análise das transcrições dos diálogos, durante os encontros dos grupos, definiu as seguintescategorias:estratégia coletiva para organização de uma comissão de terapia e elaboração dos protocolos. Produtos:Foram desenvolvidos os produtos: estruturação do regimento interno da comissão de terapia intravenosa e tecnologia gerencial constituída por dois protocolos; e doisartigos científicos. Conclusão A partir da estruturação de uma comissão de terapia intravenosa, foramelaboradoso regimento interno da comissão edois protocolos baseados em evidências científicas com subsídiospara uma assistência dequalidade ao paciente adulto em terapia intravenosa. As ferramentas gerenciais foram elaboradas com a participação efetiva de uma equipe multiprofissional. Os resultados deste estudo,poderão auxiliar na gestão dos processos de trabalho e garantir, principalmente ao profissional de enfermagem, segurança na assistência ao paciente em terapia intravenosa, por meio da padronização de ações preventivas. Este estudo reafirma a necessidade de discussão científica sobre a terapia intravenosa e o envolvimento de uma equipe específica no desenvolvimento de ações padronizadas. Para tanto, sugere-se, que o processo seja realizado de modo sistemático e participativo, ou seja, elaborado e implementadode forma coletiva e multidicisplinar.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105